O marketing médico é um conceito que pode ser muito bem explorado no campo digital. Existem muitas restrições por conta do CFM (Conselho Federal de Medicina), que regula a forma como essas interações são feitas, mas há espaço para se divulgar um centro de medicina do trabalho, por exemplo.

O mundo tem passado por um processo conhecido como transformação digital, no qual uma série de recursos tecnológicos tem se popularizado e se tornado parte do dia a dia das pessoas, principalmente com relação a internet.

A popularização de smartphones e tablets também tem contribuído para que muitas pessoas consigam uma estrutura de utilização da rede mais qualificada, e hoje o próprio perfil do mercado mudou.

Quando um paciente passa por alguma complicação, a primeira reação é procurar em motores de busca referências ao que ele está sentindo. Embora esse tipo de comportamento não deva ser incentivado, ele é inevitável.

Isso se intensificou ainda mais por conta da pandemia do coronavírus, que acabou mudando completamente a forma como a maioria das pessoas vive. Essas mudanças estruturais foram fundamentais para esse tipo de ação ser melhor compreendida em uma empresa de medicina do trabalho.

Em um primeiro momento, o mundo viveu sobre um período de isolamento social, o que forçou até mesmo pessoas resistentes ao uso de ferramentas digitais que se adaptassem. Além disso, a maioria das empresas acabou sofrendo com esse tipo de atividade.

E isso não se restringiu ao comércio e outros setores semelhantes do mercado. No campo da saúde, houveram mudanças significativas na pandemia, principalmente pelo fato de os profissionais da área estarem na linha de frente do combate ao vírus.

Essa mudança afetou completamente a forma como os médicos usam a internet, trabalhando diretamente com:

Clínicas;
Consultórios;
Laboratórios;
Hospitais.

Todos estes elementos tiveram que se adaptar e pensar em novas estratégias tanto para a questão de gestão, quanto para o atendimento e o relacionamento com os consumidores como um todo.

O marketing médico também não ficou de fora, uma vez que essa é uma ferramenta fundamental para apresentar seu trabalho e seu conteúdo para novos pacientes, aumentando assim sua possibilidade de atendimento de venda de equipamentos médicos.

Quanto mais foi trabalhado dentro desse conceito, maiores foram os impactos que mudaram o mundo. Em 2022, entretanto, já se fala sobre uma questão de “novo normal”, e as regras de isolamento começaram a se afrouxar.

Isso não significa que as mudanças anteriores não tiveram impactos diretos na forma como a maioria dos médicos enxerga questões como marketing e o próprio atendimento ao paciente, mas novamente mudanças tiveram que ser pensadas.

O foco de qualquer profissional da saúde é a necessidade do paciente. Isso se reflete tanto na busca por melhorias na qualidade de vida e saúde dele quanto em questões burocráticas, como a eliminação de papeladas e facilitação de agendamento de consultas.

Quanto mais você consegue otimizar esse tipo de atendimento, mais adequado seu material estará para lidar com essa nova onda de pacientes, que está começando a se adaptar com o mundo exterior e começa a dar sinais de que novas situações devem ser planejadas para uma empresa de material cirúrgico.

Tendências de marketing digital para médicos

Agora que você entende um pouco melhor as mudanças que ocorreram para o surgimento de novas tendências no marketing médico, é preciso identificar alguns dos principais fatores que podem gerar interesse do público.

Vale lembrar, entretanto, que cada caso é único, e nem sempre dois consultórios diferentes terão os mesmos resultados ao aplicar ferramentas de marketing digital, ainda que estejam sob a mesma área de cuidados.

Adaptar essas tendências à realidade de sua clínica é muito importante para que você consiga estruturar adequadamente esse tipo de ação, ampliando ainda mais suas possibilidades para entender o que pode melhorar dentro desse conceito, como um sistema de climatização.

Chatbots

Os chatbots são uma das principais tendências do mercado atual. Estas ferramentas possuem um forte espaço dentro do marketing médico e podem ser de excelente ajuda no processo de tornar mais ágil o atendimento como um todo.

Chatbots são inteligências artificiais de comunicação, no qual você pode registrar uma série de respostas e atividades que serão executadas automaticamente quando o consumidor entrar em contato com ele.

Uma das principais vantagens desse processo é liberar seus atendentes e trabalhar com ferramentas como um balão de propaganda.

Um chatbot pode lidar com múltiplos clientes ao mesmo tempo, trabalhando vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana. Não há necessidade de pausa ou descanso, deixando seu consultório muito mais disponível para consumidores em geral.

Entretanto, os chatbots não eximem o atendimento humano, e você ainda precisará de atendentes para lidar com uma série de questões do escritório, mas estas pessoas ficam livres de atividades mecânicas e repetitivas.

Uma excelente utilização para o chatbot é aplicar a ferramenta para agendamento de consultas. É possível integrar sua agenda a IA e automaticamente marcará suas consultas, livrando esse tipo de ação de seus recepcionistas.

Por lidar com uma programação, as chances de erro ou de qualquer tipo de complicação com esse serviço são nulas, permitindo que você otimize assim o tempo do paciente. Além disso, é possível registrar informações básicas para o chatbot responder.

Algumas ferramentas mais avançadas trabalham ainda com o conceito de machine learning. Neste caso, o próprio chatbot aprende com seus erros e com as falhas em atender o paciente, de forma similar a um ser humano. Neste caso, não é necessária nenhuma intervenção humana para conseguir soluções ambientais.

Ainda que a humanização do atendimento e a possibilidade de falar com um recepcionista seja uma preferência de muitos pacientes, os chatbots estão ganhando cada vez mais espaço e tornando-se uma importante tendência nesse mercado.

Produção audiovisual

O conteúdo cujo crescimento alcançou maiores níveis durante os últimos anos é a produção em vídeo. Esse formato tem uma aceitação muito boa com o público, principalmente pela facilidade e agilidade no consumo.

Além disso, existem muitos modelos de produção, e não há mais a necessidade de ficar engessado em um formato específico, como a produção de conteúdo em formato similar ao de televisão.

Hoje, vídeos curtos feitos com o smartphone estão em constante ascensão, sendo muito populares e dando dicas e conteúdo curto para ampliar o alcance de seu material entre os pacientes, trabalhando com alguns serviços de informatica.

As redes sociais têm feito um grande papel em popularizar esse formato de produção, uma vez que elas são as principais plataformas onde é possível publicar e divulgar esse tipo de material sem muito trabalho.

Os vídeos curtos ajudam a humanizar a figura do médico e do consultório como um todo, aproximando-o da realidade dos pacientes. Esse tipo de interação é muito importante para você conseguir engajar-se com seu público.

A maioria das pessoas acaba criando uma confiança maior em pessoas com as quais se identificam, o que torna médicos e profissionais da saúde que se aproximam com estas ferramentas muito mais efetivas.

Podcasts

Outro formato que tem ganhado muito espaço são os podcasts. As pessoas começaram a consumir muito mais esse conteúdo em áudio depois do início da pandemia, principalmente durante a prática de atividades físicas ou no processo de organização da casa.

Trata-se de um programa gravado, similar a um programa de rádio convencional. Existem muitas modalidades, e a área médica tem aproveitado o modelo para produzir conteúdo de qualidade, com informações precisas e que podem gerar um diferencial no mercado.

A economia de tempo e o acúmulo de informação que esse formato apresenta acaba sendo muito bem visto pelo público em geral, tornando o podcast um grande diferencial para clínicas e consultórios que buscam novos clientes.

Avaliação online

Quando um paciente passa por um procedimento em uma determinada clínica ou com um médico em particular, sua opinião é muito importante para validar a qualidade do atendimento.

Com o advento da internet, muitas pessoas têm buscado fazer avaliações dos profissionais, o que serve como uma espécie de prova social, que demonstra que a experiência com o médico foi satisfatória.

Quanto mais avaliações positivas você conseguir acumular, maiores serão as chances de engajamento com novos pacientes, uma vez que você começa a se tornar uma autoridade dentro de seu segmento de atuação.

Considerações finais

Entender o conceito de marketing médico é muito importante para qualquer profissional aproveitar melhor suas oportunidades de conquistar clientes, mas isso só é válido se você estiver atento às mudanças no mercado.

O acompanhamento de tendências de marketing digital é um processo constante, uma vez que a cada dia inovações são criadas e outros elementos ficam para trás. Enquanto profissional, você deve ter atenção a estes elementos.

Quanto mais você conseguir aproveitar o marketing médico, mais especializado será seu consultório, ganhando autoridade no mercado e com isso muitos novos pacientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

The post Marketing médico digital: As principais tendências para 2022 appeared first on Dgtalmente.7.


Leave a Reply

Your email address will not be published.